Octávio Lixa Filgueiras

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/CPF/OLF
Title type
Atribuído
Date range
1950-03 Date is certain to 1987 Date is certain
Dimension and support
Dimensão: 18.381 doc. fotográficos de 16mm, 35mm, 3x19cm, 6x6cm, 6x9cm, 6x24,4cm, 7x6cm, 7x12cm, 7x22,5cm, 8x6,9cm, 8x16,4cm, 8,1x24cm, 9x6cm, 12x10cm, entre outros, Suporte: papel e película. Polaridade: negativos e positivos. Cor: p/b e cor. Processo fotográfico: gelatina e sal de prata, cromogénea.
Extents
55 Caixas
270 Envelopes
Biography or history
O Prof. Arquitecto Octávio Lixa Filgueiras nasceu no Porto a 16 de Agosto de 1922 e diplomou-se em Arquitectura, na Escola Superior de Belas-Artes do Porto (ESBAP), em 1954.

Foi docente de Arquitectura da ESBAP desde 1958, tendo ficado como Professor a partir de 1962 e membro da Academia Nacional de Belas-Artes, da Junta Nacional de Educação (1967-77), da Comissão de Intercâmbio do Instituto de Alta Cultura (1970-73), Inspector Superior das Belas Artes e da Comissão Nacional do Ano Europeu do Património Arquitectónico (1973-76), e Coordenador, por parte do Ministério da Educação e Cultura, do Processo "Cidade Romana de Braga" (1976) e do Inquérito "Imóveis do Património a Recuperar"; destacado no Gabinete do Secretário de Estado da Cultura (1978-81) e no Centro de História da Universidade do Porto (1981-1985); Professor Catedrático da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (1985-1991), membro do Conselho Consultivo do IPPC (1985-1993).



No domínio da Etnologia e Arqueologia Navais desenvolveu, entre outras, as seguintes actividades: bolseiro do Instituto de Alta Cultura pelo Centro de Estudos de Etnologia Peninsular; inquérito às embarcações tradicionais portuguesas (1955-1977); consultor do Museu de Marinha (desde 1963); membro fundador do Grupo de Estudos de História Marítima (1969); transitou para o Centro de Estudos da Marinha (1970) e, em 1978, para a Academia de Marinha; fez parte do Grupo de Trabalho para a Defesa do Património Arqueológico Sub-Aquático (1978-84) e da Comissão de Estudos de Aproveitamento do Leito do Mar; participou em todos os International Symposia on Boat & Ship Archaeology, tendo organizado o 4.º, em 1985; delegado português na reunião do Conselho de Ministros da Comunidade Económica Europeia sobre a Defesa do Património Cultural Sub-Aquático (1979) e no Grupo de Trabalho de redacção da respectiva Convenção Europeia (1980-85); membro da Hellenic Institute of Marine Archaelogy e membro fundador de “Arqueonáutica | Centro de Estudos".

Faleceu no Porto a 11 de Março de 1996.
Geographic name
Porto
Functions, ocupations and activities
Arquiteto, professor e investigador
Internal structure/genealogy
Octávio Lixa Filgueiras (1922-1996) era casado com Olívia Maria Neves de Oliveira Filgueiras, tendo seis filhos: Maria Leonor, Maria Madalena, Octávio Manuel, Miguel Caetano, Carlos Manuel e Jorge Caetano de Oliveira Filgueiras.
Acquisition information
Documentação adquirida por doação a Olívia Maria Neves de Oliveira Filgueiras, em Julho de 2009.
Scope and content
Este fundo representa a actividade do produtor relacionada com a arquitectura, etnologia e arqueologia navais – que o doador produziu ao longo da sua vida e investigação sobre esta temática.

Apresenta como temáticas os barcos (diferentes tipos de barcos em vários locais da Europa, a construção de barcos e inauguração de barcos). Também representa imagens de barcos e outras embarcações em vários locais como Castelo de Paiva (aldeia), Escamarão, Bitetos, Afurada, Esposende, Avintes, Chaves, Tejo, Entre-os-Rios, Porto, Póvoa de Varzim, Ribeira de Abade- Valbom, Rio Douro, Chamusca (Tejo), Ameixial (Guadiana), assim como reproduções de imagens provenientes do Museu da Marinha, vistas de Lisboa, retratos de grupo em palestras e acontecimentos, arquitectura, monumentos nacionais, família, reunião com Alexandre Herculano, entre outras temáticas.
Documental typology
Polaridade: negativos e positivos. Cor: p/b e cor. Processo fotográfico: gelatina e sais de prata, cromogénea.
Arrangement
Ordenação numérica sequencial e tipológica atendendo ao tipo de documentos fotográficos (para efeitos de arquivo).
Access restrictions
Documentação parcialmente acessível.
Conditions governing use
A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o fim a que se destina a reprodução, às normas que regulam os direitos de propriedade e à legislação sobre os direitos de autor. É possível comunicar e tornar acessível para terceiros o Fundo do Prof. Arquitecto Octávio Lixa Filgueiras de acordo com os procedimentos em vigor no CPF/ DGARQ à excepção de documentos sobre assuntos familiares que devem ter acesso público vedado. A reprodução para terceiros apenas é autorizada para fins culturais e científicos de qualidade reconhecida pelo que cada pedido será submetido à consideração do Segundo Outorgante ou seus sucessores.
Language of the material
Português
Other finding aid
Inventário disponível no Centro Português de Fotografia.
Related material
Relação completiva: A documentação fotográfica encontra-se totalmente integra porém a documentação deste espólio constituída por livros, notas e desenhos relativos a embarcações tradicionais, etnologia e história naval encontra-se depositada no Museu de Ílhavo.
Publication notes

Requiem as Glórias do Mundo, e outros poemas". Porto, (1948), 79 pp., 2 grav;
“O Chefe da Estação", (conto), in A Nova Renascenca, no 20 Outubro/Dezembro, Porto, 1985, pp. 349-370;
“O(s) Estatuto(s) do Artista" (ensaio), in Prelo, no 8, Julho/Setembro, Lisboa, 1985, pp. 71-76, 2 grav.;
“O DEDO | Mistério policiário desfiado circunstancialmente num exercício imagético para deleite dos espíritos e estudo dos costumes", (conto), in Cadernos do Tâmega, no 5, Amarante, Junho 1991, pp. 37-46;
“O FAROL, angustiada estória de como um grande Amor acaba em Odio implacável, com a vingança de um dos amadores após a sua efectivada morte civil", (conto), in
“A FESTA", (conto, homenagem I a Amadeo de Souza Cardoso), in Cadernos do Tâmega, no 10, Amarante, [Dezembro, 1991], pp. 62-73;
“O GIRASSOL", (conto), in Cadernos do Tâmega, no 11, Amarante, Junho, 1994;
“O DERRADEIRO VÔO DO IOGURTE F.K.005", (conto), in Cadernos do Tâmega, no 12, Amarante, Dezembro, 1994;
“O INFILTRADO", (conto), in Cadernos do Tâmega, no 13, Amarante, Junho, 1995, entre muitas outras publicações e artigos sobre Arquitectura, urbanismo, arqueologia Naval, Etnologia Naval e Museus.
Filmografia sobre arqueologia e etnologia naval.
Record not reviewed.